Os 7 R’s da Sustentabilidade

Sem dúvidas, nos últimos anos, a palavra “sustentabilidade” tem se destacado, seja em rodas de conversa ou empresas que se preocupam com o futuro e os recursos naturais do planeta que, como sabemos, são limitados. Em poucas palavras, a sustentabilidade visa garantir que esses recursos sobrevivam, seja por meio de ideias ou estratégias ecológicas.

Embora não tenha relação direta, a organização tem sim suas ligações com a sustentabilidade, já que carrega consigo o conceito do “preservar somente o necessário”. De certa forma, ela nos estimula a pensar que não precisamos de tantas coisas para ter uma vida de qualidade.

Uma maneira muito bacana (e saudável!) de contribuir com o sistema ecológico é a “técnica” dos 7 R’s da Sustentabilidade. Já ouviu falar? O principal objetivo deste método é ajudar pessoas a repensarem seus hábitos e agirem a favor da natureza, evitando assim desperdícios e exageros:

1 – Repensar:

O primeiro passo é repensar seus hábitos e praticas do cotidiano. Pense em coisas que você pode alterar para ajudar o planeta como, por exemplo, quando for comprar algo. Antes levar algum objeto para casa, pense consigo mesmo se aquilo é realmente necessário.

2 – Reduzir:

De acordo com a ONU – Organização das Nações Unidas, cada brasileiro utiliza cerca de 200 litros de água por dia, isto é, 90 litros a mais do que uma pessoa necessita consumir diariamente.

O excesso de consumo de água pode ser reduzido com atitudes simples como, por exemplo, lavar o quintal reaproveitando a água que foi usada para lavar roupas. Pode parecer pouco, mas estes 90 litros fazem diferença e evitam acontecimentos piores como crises hídricas.

3 – Recusar:

Embora algumas organizações tenham a preocupação com o futuro do planeta Terra, falta muito para que outras se comprometam com a causa. Por isso, não compre produtos fabricados por empresas que, de qualquer forma, prejudiquem o meio ambiente. Procure consumir apenas produtos que não agridam a mãe natureza.

4 – Reparar:

Infelizmente, quando um objeto quebra muitas pessoas têm o hábito de jogarem fora sem ao menos tentar consertá-lo. Tá aí o erro! Antes de sair jogando tudo fora, verifique se o objeto não tem conserto, pois, caso ele tenha, te prometo: Sai muito mais em conta!

5 – Reutilizar:

Ao reutilizar algo, nos damos conta de diversas possibilidades existentes para um objeto que antes pensávamos haver apenas uma função e um só destino. O grande truque é ter criatividade! Uma simples garrafa pet pode, por exemplo, virar um porta-lápis, um vaso de plantas e até um cofrinho.

6 – Reciclar:

Geralmente, toda cidade tem um ponto de coleta para materiais recicláveis. Se achar que seu objeto não possui mais serventia, procure o ponto mais próximo. Mas, antes de levá-los, não se esqueça de separar os materiais de acordo com seus tipos.

7 – Reintegrar:

Todo tipo de produto orgânico e restos de alimentos, podem ser “devolvidos” à natureza. Caso possua jardim em sua casa, a compostagem orgânica é uma ótima opção, pois, o processo torna o composto em adubo para plantas.

E aí? O que achou deste método? Conta pra mim!

Um grande beijU da Alê Criballi

Quer ver dicas sobre organização. Segue a gente no facebook: https:www.facebook.com/organizandU

Gostou? Então nos ajude a espalhar esta mensagem por aí!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *