A desorganização é um espelho de você mesmo

Você chega em casa, olha ao seu redor e vê tudo “de ponta cabeça”. Isto é, roupas amarrotadas pela casa, restos de alimentos não aproveitados, correspondência de dias parada em cima da mesa, documentos importantes espalhados pela casa, pilhas de revistas velhas e montes de objetos fora do lugar. Essa cena não é tão incomum quanto pensamos na verdade, mas de fato é preciso prestar atenção nos hábitos que podem criar verdadeiros “monstros”.

Você sabia que o interior do seu lar pode revelar como anda sua vida? Pois é. A casa é como um espelho e pode refletir a situação de cada pessoa. Se a vida está em ordem, o ambiente geralmente também se encontra organizado. Agora, se o momento é de confusão, conturbação, a casa faz jus e fica bagunçada também.

De fato, a falta de organização pode revelar a personalidade de uma pessoa. Mas será que você sabe identificar? O problema interior de alguém pode ser representado por sua bagunça:

Carência afetiva – A carência afetiva é um ponto importante já que, a pessoa busca preencher o seu “vazio” com objetos. Geralmente, ela não tem necessidade de obtê-lo, mas acaba consumindo compulsivamente para suprir a sensação de vazio. Além destas, existem outras pessoas, as que chamamos de acumuladoras.  Estas apenas não conseguem se desfazer do que já tem, porque lhes causam a sensação de perda.

O medo de fracassar – A responsabilidade é algo que criamos ao longo da vida. Algumas pessoas sabem lidar bem com isso, outras nem tanto e geralmente usam a bagunça  como uma desculpa para o medo do fracassar na vida. É muito mais fácil culpar algo que não seja você mesmo, oras.

Evitando lembranças/passado – Conseqüentemente, cada ser humano tem jeitos diferentes ao lidar com as situações. Algumas usam a desorganização para evitar lembranças. Isto é, coisas que trazem recordações não muito boas e que querem apagar de suas vidas. É como esconder algo, ou melhor, fingir que nunca existiu.

Manter lembranças/passado – Por outro lado temos o tipo de pessoa que não consegue se desfazer de objetos por lhe trazer boas recordações, como os brinquedos da infância por exemplo. Geralmente, a pessoa se mantém atrelada a um passado, uma lembrança em que sua vida se encontrava plena e feliz e não consegue se desprender disso.

Esses são apenas alguns sinais que podem expressar como a falta de organização afetam a vida. Apesar dos pesares, a desorganização pode servir como um alerta para que mudanças aconteçam e tornem a vida muito mais produtiva.

Curtiu as dicas? Conta pra mim nos comentários!

Um grande beijU da Alê Criballi

Quer ver dicas sobre organização. Segue a gente no facebook: https:www.facebook.com/organizandU

Gostou? Então nos ajude a espalhar esta mensagem por aí!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *